Para que o coração faça o trabalho de bombear o sangue através do corpo, ele necessita de um estímulo. Esse estímulo é um impulso elétrico que se origina numa área do coração (o átrio direito) chamada “nódulo sinusal”, que é o marcapasso natural do coração. Funciona como um gerador de energia elétrica que faz o coração bater entre 60 e 100 vezes por minuto em condições normais de repouso.

Para que este estímulo elétrico produza um batimento cardíaco, ele precisa se propagar pelo sistema de condução elétrica do coração, atravessando estruturas como o nódulo atrioventricular (localizado no centro do coração entre os átrios e os ventrículos) – onde sofre um desaceleramento – e o feixe de His, se espalhando pelos ventrículos direito e esquerdo, o que provoca a contração do coração.

Esses batimentos podem ser acelerados durante atividades físicas, febre, anemia ou diminuídos durante o sono. Algumas medicações (broncodilatadores, descongestionantes, antitussígenos, suplementos nutricionais) também podem alterar a freqüência destes batimentos.

Em algumas situações, este sistema elétrico encontra-se alterado causando "curtos-circuitos" que podem resultar em taquicardias ou batimentos rápidos (palpitações) acompanhados de desmaios (síncopes), tonturas (pré-síncopes), cansaço, respiração curta, dor ou opressão no peito.

Em outras situações, o sistema elétrico do coração pode apresentar bloqueios que não permitem a passagem do impulso elétrico. Quando isto acontece, o coração bate mais lentamente, o que resulta em bradicardias ou batimentos lentos do coração, que pode ser acompanhados também de desmaios, tonturas e/ou cansaço.


Como você reconhece que o seu batimento está acelerado?

  • Você deverá palpar seu pulso com os dedos indicador e médio na região do punho (parte inferior do braço). (Ver figura)
  • Aperte o pulso com os seus dedos
  • Conte o número de batimentos em trinta segundos
  • Multiplique esse valor por 2 e você encontrará valor de batimentos por minuto.

OBS: Quando você sentir seu pulso, veja se o pulso está regular ou irregular.
É considerado anormal acima de 100 batimentos por minuto no repouso.

Copyright © 2009, Arritmia Cardíaca. Todos os direitos reservados.